Endocrinologista

A obesidade é uma doença crônica de difícil controle, que requer tratamento intensivo e rigoroso.

O tratamento clínico está indicado nos casos de obesidade leve ( IMC entre 30 e 34,9 ) e obesidade moderada ( IMC entre 35 e 39,9 ) associado ou não a outras doenças (hipertensão arterial, diabetes e dislipidemia) e para pacientes com sobrepeso ( IMC entre 25 e 29,9 ), principalmente quando outras doenças já estão presentes e que a perda de peso melhoraria a sua condição clinica.

O exame clinico, o seu histórico e de sua família são de extrema importância, pois é possível detectar o risco para obesidade mórbida e outras doenças que se desenvolvem a partir do excesso de peso. Os exames laboratorias solicitados conseguem identificar as alterações metabólicas e hormonais.

A partir daí, é traçada uma estratégia de tratamento para cada paciente, que tem como objetivo a mudança no estilo de vida. Por mais difícil que possa parecer, temos que inserir no dia a dia hábitos de vida saudável, sendo primordial a prática regular de atividade física orientada e supervisionada por profissional capacitado.

Outro ponto de grande importância é a reeducação alimentar. Este processo deve ser individualizado e personalizado de acordo com cada paciente, conscientizando-o sobre as necessidades do momento, sendo necessário em muitos casos o suporte psicológico.

Após todas as etapas, a indicação do uso e do tipo de medicação é realizada.

Algumas medicações inibidoras de apetite foram recentemente retiradas do mercado, o que limitou o arsenal terapêutico disponível. Outras opções tem sido estudadas com bons resultados e novas drogas estão sendo descobertas. As medicações disponíveis tem diversos mecanismos de ação, com capacidade de moderar o apetite, controlar a ansiedade, tratar estados de compulsão alimentar e inibir a absorção de gordura dos alimentos, dentre outros.

Este tratamento deve ser realizado com acompanhamento de médico endocrinologista e equipe muiltidisciplinar, a fim de alcançar o objetivo maior: perder peso e manter este peso perdido pelo maior tempo possível, melhorando a qualidade de vida e a saúde na sua totalidade.