Transtornos alimentares

Quando a preocupação com a forma física e a maneira de alimentar-se transtorna seu dia a dia restringindo atividades profissionais, sociais, lazer e trazendo problemas nos relacionamentos afetivos, podemos estar diante de um transtorno alimentar. Algumas pessoas recusam-se a comer, outras fazem jejum seguido de episódios de compulsão alimentar, frequentemente utilizando métodos compensatórios com sentimento de culpa e depressão.

Apresentamos uma abordagem direcionada com instrumentos de avaliação específicos para confirmar ou afastar o diagnóstico e nortear o tratamento psicoterápico.